Comporta, um paraíso alentejano à beira-mar plantado


O mais apetecível dolce fare niente às portas de Lisboa, espera por si para dias de puro prazer. Em cada regresso descubra a aura de um encanto único, que só a Comporta tem.

Texto: V.M.

Fotografia de capa Herdade da Comporta

Mar, areal branco e a perder de vista, natureza em estado puro com muitos pinhais, irresistíveis dunas, arrozais e sapais. Um local com um estilo de vida muito próprio, onde sofisticação e a descontração andam de mãos dadas. Gente hospitaleira, bom vinho e melhor comida. Isto é a Comporta. Um pequeno paraíso a apenas uma hora de distância de Lisboa. Um local a que não se consegue resistir, um amor à primeira vista que fica para sempre, com um dos melhores hotéis do país.

SUBLIME COMPORTA COUNTRY RETREAT & SPA
O luxo e a sofisticação despretensiosos, para uns dias de lazer junto à praia, seja em que estação do ano for, passam por aqui. Mais do que um hotel, o Sublime Comporta é todo um conceito de sonho, para uma estada inesquecível. A apenas uma hora de distância de Lisboa, mas já no Alentejo, encontra-se este paradisíaco local, refugiado numa propriedade com 17 hectares, rodeado por pinheiros mansos, sobreiros e dunas selvagens. Um local ainda intocado, onde a Natureza fala mais alto, com o mar mesmo aos pés. Os quartos, suites e villas deste cinco estrelas, que formam um conjunto de 90 habitações, estão distribuídos por vários edifícios, o Owner’s House, as Guest Suites, as Bio-Pool Suites e várias villas de dois a cinco quartos, ao estilo “cabanas da Comporta”, com piscina privada, lareira e terraços numa extensa área privada de 7000m2.
Já com a pandemia à porta, em 2019, foram inauguradas as Bio Pool Suítes. Construídas sobre palafitas, foram inspiradas no porto de pesca artesanal da Carrasqueira desenvolvido pelos pescadores locais. Estão localizadas sobre uma impressionante piscina biológica (uma das maiores da Europa) e contam com terraço privado, a partir de onde se pode mergulhar diretamente. Cada uma tem uma decoração diferente, e o seu conjunto presta homenagem às técnicas decorativas tradicionais da Comporta. Foram construídas respeitando o património arquitetónico e paisagístico local e usando apenas materiais nativos. 
A construção da piscina biológica enfatiza ainda mais a atitude sustentável do Sublime Comporta Country Retreat & Spa, uma vez que não são utilizados produtos químicos para o tratamento da água, cabendo essa responsabilidade às plantas aquáticas. Assim este espaço apresenta-se como um verdadeiro ecossistema vivo.
Entre os vários serviços e equipamentos disponibilizados a todos os hóspedes, estão o spa, três restaurantes, quatro piscinas (incluindo uma piscina interior aquecida e uma piscina exterior para crianças), um ginásio, um pavilhão de yoga, campos de ténis e padel, um jardim orgânico, um jardim florestal e um pomar.
Numa atitude sustentável e comprometida com a natureza, o Sublime Spa só utiliza ingredientes de origem local e óleos essenciais e vegetais certificados. Todos os hóspedes têm acesso gratuito ao Spa, composto por sauna, piscina interior aquecida, hammam e ginásio. Para tratamentos diferenciados existe um menu onde constam, entre outros, rituais desintoxicantes, tonificantes e reafirmantes, rituais relaxantes com pindas ayurvédicas orgânicas, tratamentos faciais personalizados, programas a dois, e também tratamentos dirigidos especificamente às necessidades de beleza e bem estar masculinas. Para os adeptos ou meros curiosos, há ainda sessões privadas e personalizadas de yoga e pilates, que podem incluir ou não a prática de meditação, taças tibetanas e pranayama. 
O Jardim Orgânico, construído sobre os princípios da permacultura, inclui mais de 300 variedades de plantas que vão desde as ervas aromáticas até às flores comestíveis e vegetais. Todas elas são utilizadas nos restaurantes, bar e até Spa, proporcionando experiências sensoriais e gastronómicas únicas.
Da horta para a mesa, desfrute das delícias culinárias portuguesas no Sem Porta, o restaurante principal ou, para uma experiência absolutamente única, jante no meio do jardim de experiências orgânicas no The Food Circle. Outra opção é a Tasca da Comporta, um restaurante sazonal ao ar livre onde pode saborear os clássicos petiscos portugueses.
Dentro da imensa propriedade desfrute de longos passeios a pé ou de bicicleta, que são disponibilizadas pelo hotel, e faça um piquenique romântico ou em família, num recanto à sua escolha e com uma cesta cuidadosamente preparada de acordo o seu gosto. Se é adepto de maior atividade física, o Sublime Comporta tem também court de ténis e campo de padel. Para outras experiências, descubra a seguir, o que há para fazer fora de portas.

  
Um paraíso com 60 quilómetros de praia de areia branca
Pinheiros e sobreiros num jogo de ondulação, dunas, vinhas, arrozais e mais de 60 quilómetros de praias de areia branca, clima ameno e água de grande qualidade. Isto é a Comporta. Muito mais que uma localidade, a Comporta é um modo de vida, slowly, hippie chic, mas simultaneamente muito descontraído. Se antigamente a praia era o local escolhido pelas gentes do interior alentejano para ir a banhos, hoje é um local cosmopolita e de eleição de ilustres personalidades da moda, do cinema e até da monarquia internacional. 
Num pedaço de território onde apesar de tudo ainda reinam o sossego e a tranquilidade, há tanto para ver, para conhecer e boa comida para provar. Já em 2015, o restaurante Sal, na praia do Pego, foi considerado o melhore bar/restaurante de praia do mundo pelos leitores da revista Traveler! Mas muito mais há onde se deliciar com os maravilhosos arrozes locais, marisco e peixe sempre fresco. Os petiscos depois de um dia passado na praia são também uma excelente escolha.
Integrada na Reserva Natural do Estuário do Sado, a Comporta tem excelente localização para a prática de diversas atividades, nomeadamente o birdwatching, já que aqui encontra mais de 200 espécies de aves, algumas locais, outras migratórias, sendo que a cegonha-branca é, sem dúvidas, o símbolo do território, banhado pelo Atlântico e “ornamentado” com os sapais do Sado.
Junto à pequena aldeia piscatória da Carrasqueira, o engenho popular toma forma e desvenda uma solução curiosa para resolver o problema do acesso aos barcos durante a maré baixa – o porto palafítico. Aqui foi construído um cais em madeira que penetra pelo sapal. Há mais de dois séculos que este porto tem servido de ancoradouro às embarcações locais. E, ao pôr do sol, percorrer este local, único na Europa, torna-se num momento verdadeiramente mágico.
Se andar de cavalo na praia sempre foi um sonho romântico, então este é o local perfeito para o fazer. A empresa Cavalos na Areia é uma das mais conhecidas, mas há outras na região com o mesmo tipo de oferta. O percurso promovido e acompanhado por um guia, desenrola-se ao longo dos arrozais, atravessa o pinhal e as dunas até chegar à praia, o paradisíaco areal de costa atlântica a perder de vista. Este passeio pode ser feito em grupo, em horários pré-definidos, ou em formato de programa privado, escolhido de forma exclusiva segundo a vontade do cliente, com vantagem de ter maior flexibilidade na escolha do horário, trilhos e conjugação com outros programas.
Com tanto mar, a prática de desportos aquáticos é, naturalmente uma tentação. Se não gosta de andar com o equipamento atrás, há onde alugar pranchas de surf e stand up paddle, e até onde ter lições. É o caso da Surf in Comporta, a primeira escola de surf a surgir no concelho de Grândola, em 2008.
A Herdade da Comporta, onde se desenvolve a localidade, é uma das maiores propriedades agrícolas nacionais, com mais de 11.000 hectares. É um lugar de uma beleza única, onde o sol descobre cores de uma intensidade vibrante e a terra generosa revela, sem pressas, o que tem de melhor. Aqui, as sensações, cheiros e sabores misturam-se em perfeita harmonia com a brisa do mar e o verde da floresta, para constituir um património ambiental e ecológico de inestimável valor. 
O Museu do Arroz conta a história desta zona, expondo vídeos, fotografias e utensílios que eram usados desde a década de 1830, data em que a cultura do arroz foi instituída na Comporta. As instalações situam-se numa antiga fábrica de descasque de arroz, datada de 1952, data do início do descasque na Comporta.
Apesar de nesta época de vindimas não se realizarem visitas, conhecer os recantos da Adega da Comporta, ver o vinho estagiar e fazer provas com a produção local, é sempre um prazer. A verdade é que, se não for agora, qualquer altura do ano é boa para voltar à Comporta.


DORMIR:
Sublime Comporta Country Retreat & Spa
Morada: 
EN 261-1, Muda, Comporta
Tel.: 
269 449 376
Preço: 
desde 225€

COMER:
Resturante Sal
Morada: 
Praia do Pêgo, Carvalhal
Tel.: 
265 490 129
Preço médio: 
30€

Dona Bia
Morada: 
Estrada Nacional 261, Comporta
Tel.: 
265 497 557
Preço médio: 
30€

Gomes Casa de vinhos & petiscos
Morada: 
Largo Luís de Camões
Tel.: 
265 497 748
Preço médio: 
35€

Comporta Café
Morada: 
Praia da Comporta
Tel.: 
933 976 520
Preço médio: 
40€

VISITAR / FAZER

Passeios a cavalo na praia
Morada: 
Cavalos na Areia – Estrada Nacional, 261, Km 6, Torre, Comporta
Tel.: 
913 181 844
Preço: 
a partir de 110€

Aprender a surfar
Morada
: Surf in Comporta – Praia do Carvalhal, Comporta
Tel.: 962 475 961
Preço: 
(sob consulta)

Museu do Arroz
Morada: 
Espaço Comporta, EN 253, km 1, Comporta
Tel.: 
265 499 900
Horário: Da 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 19h30 (encerra à segunda-feira)
Preço: 
2€

Prova de vinhos
Morada:
 Adega da Herdade da Comporta – Estrada Nacional 253, Km 1
Tel.: 
265 499 900
Preço: 
20€ (visita com prova de três vinhos da Herdade)  

Newsletter

A Hotéis de Campo publica semanalmente uma newsletter com todos os artigos relacionados com sugestões de viagens em Portugal.

Email Marketing by E-goi

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments