Passeios a pé ou cavalo. Santarém o countryside português

Santarém: o countryside português. A natureza no seu estado mais puro para conhecer a pé ao a cavalo.

Sinta o pulsar da natureza no seu estado mais puro, entre os mouchões e as belas lezírias ribatejanas. Passeie a cavalo pelo rio e aprecie o verde vivo na envolvência nas margens do Tejo. Aproveite o vagaroso e caprichoso passar do tempo em pleno campo às portas de Lisboa.

Texto: V.M.

Extensos terrenos férteis alimentados pelas águas do Tejo, a beleza dos mouchões (pequenas ilhotas que se estendem entre o leito e as margens do rio), as vinhas, os cavalos e touros que pastam livremente nas lezírias, fazem de Santarém um local de beleza rural única no país. Para quem adora a vida no campo, e numa altura em que o turismo deve ser feito “dentro de portas”, Santarém é um destino de exceção, que concorre com o “british countryside way of life”. Às belas e verdejantes paisagens junta-se um vasto património histórico e cultural e uma gastronomia rica e diversidade. Os campos convidam a longos e prazerosos passeios, quer seja a pé… ou a cavalo, claro.

Passeios a cavalo

São várias as empresas que promovem passeios a cavalo. A Gotik Senses, por exemplo, dispõe de diversas ofertas. Para os iniciantes sugere-se um baptismo de equitação, contemplado no “Roteiro dos Patudos” (desde €55), que inclui, entre outras etapas, uma visita à Reserva do Cavalo do Sorraia  e outra às Portas do Sol, em Santarém. O almoço é Almeirim, onde pode  saborear a famosa Sopa da Pedra.  Os mais experientes não podem perder um passeio a cavalo pela bonita e secular Quinta da Lagoalva de Cima, que se estende pela margem sul do Tejo, a cerca de 2 km da vila de Alpiarça e a 11 Km de Santarém. Este passeio tem cerca de hora e meia de duração, com um nível de dificuldade fácil a médio. Promovido pela empresa Cavalos na Areia, este programa pode ser complementado com provas de vinhos e azeite, um almoço no campo e uma visita à Quinta da Lagoalva.
Os apaixonados por cavalos e atividades com eles relacionadas, não podem perder a Feira da Golegã, também conhecida como Feira de S. Martinho, que se realiza todos os anos no mês de Novembro, aponte já na sua agenda!
Quem preferir conhecer a região a pé, pode aventurar-se na Rede de Percursos Pedestres da Lezíria do Tejo, com uma extensão total de 100 km, distribuídos por 11 itinerários. Todos os percursos são feitos facilmente em meio-dia, cabendo a si escolher que tipo de paisagem mais lhe agrada.

Gastronomia típica

Os adeptos da arte de bem comer, encontram nesta região muitas razões para o passeio. Habitualmente também no mês de novembro tem lugar o Festival de Gastronomia de Santarém, que acaba de celebrar quatro décadas sendo considerado o maior e mais importante festival gastronómico do país. Nele pode deliciar-se não só com os melhores produtos regionais, como com toda uma mostra do que existem em todo o país e ilhas.
Este importante certame abriu portas a outros do género na região, como são o caso da Feira das Tasquinhas em Rio Maior ou as tasquinhas de Benavente. Se procura o que de mais tradicional se faz e come marque e vá até ao Vargas, Cisco ou Dois Petiscos, não se vai arrepender.


Na região gozam de grande fama os pratos peixes de rio, como as enguias e o sável, e os de carne de touro bravo. A Sopa da Pedra é um ex-libris de Almeirim, enquanto a Fataça Assada na Telha é um  pratos típico das populações da zona ribeirinha do Tejo, mais concretamente da aldeia avieira das Caneiras, na freguesia de S. Nicolau de Santarém.  Depois de amanhada e temperada de sal, a fataça leva uns golpes onde são colocadas tiras de toucinho entremeado e em seguida é barrada com um molho feito separadamente (cebola, alho, louro, colorau, azeite e malagueta). Uma vez temperada e composta, a fataça vai na telha ao lume de lenha feito no chão ou ao forno de lenha, onde é assada lentamente.


Na doçaria regional, os destaques vão para os Arrepiados de Almoster, biscoitos de claras e amêndoa feitos pelas freiras da ordem das Clarissas do Convento de Santa Maria, em Almoster; os Celestes de Santa Clara, também eles com ovo e amêndoa; e os Pampilhos, uns bolos compridos e finos com recheio de ovos-moles e canela. Este bolos são uma homenagem aos campinos do Ribatejo que usam uma vara comprida para conduzir o gado, que tem, precisamente, o nome de pampilho.

Importante património cultural

Santarém tem um antigo e rico património histórico-cultural, já que a sua fundação, repleta de lendas, reporta à mitologia greco-romana e cristã. “Capital do gótico”, como também é conhecida, em Santarém existem belíssimos edifícios públicos, de visita obrigatória. A Casa do Brasil, edifício setecentista construído a partir de estruturas habitacionais pertencentes à família de Pedro Álvares Cabral, é um dos locais. No final do século XX o Município de Santarém adquiriu o imóvel tornando-o num espaço-memória da relação de Santarém com os Descobrimentos e, particularmente, com o Brasil, constituindo-se desde então como um importante polo de difusão cultural da cidade.

A Religião e o Gótico

A Igreja Nossa Senhora Da Graça, uma construção do início de 1380, com o apoio de João Afonso Telo e da sua mulher D. Guiomar de Vilalobos, só foi terminada por volta de 1420. É um grande e belo templo característico do gótico pleno português, com três naves definidas por arcos ogivais, assentes em duas alas de colunas encimadas por capitéis ornados de motivos vegetalistas. A iluminação é feita através de janelas ogivais e transporta-nos para um espaço que reflete a ideia da época de que, “Deus é luz“. A fachada com a rosácea e o portal flamejante são de uma harmonia perfeita dentro da profusão de elementos decorativos do gótico flamejante.


A fundação do Convento De São Francisco remonta a 1242, integrando-se na corrente “mendicante”, visível na amplitude do espaço, vãos altos assentes em pilares finos e ornamentação escultórica rara e sóbria. O edifício possui na sua estrutura sinais marcantes das várias épocas, do gótico ao barroco, passando pelo manuelino e renascença. Do período inicial restam boa parte da volumetria e os elementos estruturais mais importantes.

Ao longo dos séculos o mosteiro foi sucessivamente alterado por novas campanhas artísticas, como no claustro, na transformação radical do cruzeiro e em diversas capelas do interior da igreja, das quais restam elementos decorativos de grande qualidade, como o arco renascentista da Capela de Santa Ana ou a traça maneirista da Capela das Almas, panteão dos Meneses e obra do arquiteto Pedro Nunes Tinoco. Na nave central, encontra-se o coro alto, patrocinado pelo rei D. Fernando para albergar o seu próprio túmulo e o de sua mãe, D. Constança (séc. XIV). Esta estrutura é marcada por um exuberante programa decorativo que contrasta com a simplicidade do resto da igreja gótica.

De olhos postos na Lezíria

Para terminar o dia em beleza passeie a pé até as Portas do Sol. O miradouro ocupa a primitiva área muralhada de Santarém (cidadela ou Alcáçova). Hoje varanda panorâmica sobre o Tejo e a extensa Lezíria, é a sala de visitas e um dos espaços mais concorridos da cidade. Aqui se encontra instalado o Urbi Scallabis – Centro de Interpretação, uma estrutura de apoio ao conhecimento e interpretação do centro histórico pelo visitante.

Uma vez na região não deixe de visitar o Museu Municipal Da Máquina De Escrever, na Golegã, que guarda uma fabulosa coleção constituída por mais de 300 máquinas de escrever fabricadas entre o final do séc. XIX e o séc. XX, incluindo exemplares de todo o mundo.

Noites perfeitas

Depois de uma dia a explorar a região, nada melhor que recolher-se em aposentos confortáveis para o merecido descanso. E oferta de qualidade é o que não falta na região.

Country House Villas

A Country House Villas são um bom exemplo disso. São dois bungalows ecológicos, de madeira, com arquitectura contemporânea a convidar ao ócio. No exterior, o espaço ajardinado em torno da piscina e uma zona lounge para preguiçosas refeições nos dias mais quentes. Numa época em que a privacidade tem mais importância que nunca, o Country House Villas é um alojamento perfeito para receber famílias e grupos. Ambas as villas têm capacidade para acolher quatro hóspedes, dispõem de uma sala de estar com kitchenette totalmente equipada, ar condicionado, dois quartos com cama de casal, roupeiro e uma casa de banho comum aos dois quartos.

Quinta da Cabrita

A 6 km de Santarém, numa zona tranquila, encontra-se esta pequena quinta, cuja construção remonta ao século XVIII. A Quinta da Cabrita está localizada em dez hectares de terra compostos por vinhas e terreno agrícola, que servem de abrigo a quatro casas de campo cuidadosamente restauradas seguindo os seus traços originais. Ameixoeira, Amendoeira, Laranjeira e Oliveiras dão o nome a estas habitações com terraço privativo e acesso individual às zonas de jardins e piscina. Três delas são T1 e uma T2 e todas têm sala com lareira e kitchenette equipada.

Quinta das Palmeiras

A Quinta das Palmeiras está localizada na margem direita do rio Tejo na pequena povoação de Porto de Muge pertencente à freguesia de Valada, concelho do Cartaxo. Dentro da propriedade encontramos uma casa composta por sete quartos duplos e duas camaratas com sete camas cada. Todos os quartos têm casa de banho privativa. Além disso, a casa conta ainda com duas casas de banho sociais, cozinha equipada e copa, sala de jantar, salas de estar, jardim, pomar, piscina exterior, pérgula e sala exterior para realização de eventos. A casa da Quinta das Palmeiras é alugada na íntegra, tornando-se perfeita para férias ou escapadinha com familiares ou amigos.

Salvaterra Country House & SPA

Quem passa pela principal estrada nacional de Foros de Salvaterra, não imagina que por trás dos altos portões do número 839, se esconde um autêntico paraíso tropical. Centenas de árvores e plantas de espécies distintas erguem-se em torno de lagos naturais e da piscina principal do Salvaterra Country House & SPA, uma luxuosa casa de campo com apenas quartos decorados de forma elegante e ecléctica. Com áreas generosas, os aposentos contam com um terraço privado e kitchenette. Todos eles têm banheira, para momentos relaxantes e verdadeiramente prazerosos. No jardim descubra recantos secretos e o impressionante jacuzzi ao ar livre com água aquecida, disfarçado entre a vegetação e cuja iluminação é apenas um ponto de luz, para uma experiência verdadeiramente romântica. No Salvaterra Country House & SPA usufrua ainda de sauna, banho turco e massagens. Nos dias mais frescos, aconchegue-se junto de uma fogueira.

Monte do Areeiro

O Monte do Areeiro é composto por três casas de campo, com dois quartos, duas casas de banho, kitchenette e lareira, oferecem aos hóspedes todo o conforto necessário para uma relaxante e prazerosa estada no Monte do Areeiro, inserido numa herdade com 800 hectares de montado de sobro. A proteção dada à paisagem natural aqui existente e a preservação da biodiversidade, aliadas a uma gestão sustentada de aproveitamento dos recursos existentes, fazem deste um local de magia e equilíbrio, onde poderá apreciar de uma forma simples, a natureza no seu estado mais puro. Os passeios a pé, de bicicleta e buggy, gozam de tanta fama como os pequenos-almoços servidos á porta de casa numa cesta de piquenique. Dê umas braçadas na piscina de água salgada e agende uma massagem relaxante.

Contactos

Onde dormir

 
Country House Villas Morada: Vale de Santarém, Rua do açude, Quinta das Marianas, Vale de Santarém
Telefone: 918263894
Preço: Desde 70€

Quinta da Cabrita Morada:  Quinta da Cabrita, Santarém
Telefone: 910654263
Preço: Desde 85€

Quinta das Palmeiras Morada: Porto de Muge, Valada, Cartaxo
Telefone: 916608221
Preço: Desde 684€ (casa toda)

Salvaterra Country House & SPA Morada: Estrada Nacional 114-3, 839, Foros de Salvaterra
Telefone: 915355566
Preço: Desde 160€

Monte do Areeiro Morada: Estrada Nacional 114, km 100.7, 2100-407 Coruche
Telefone: 919359980
Preço: Desde 80€

Onde comer


OH! Vargas

Morada: EN3, 28, Santarém
Telefone: 910260743

CISCO – Cozinha Tradicional
Morada: Rua de Coruche, 121A, Almeirim
Telefone: 243595063

Ó Balcão
Morada  Rua Pedro de Santarém, 73, Santarém

Dois Petiscos
Morada: Rua Cidade da Covilhã, 4, Santarém
Telefone: 243095552

O que visitar

Casa do Brasil
Morada: Rua Vila de Belmonte, 13-15, Santarém
Telefone: 243304652
Horário: terça-feira a sábado das 9h00h às 12h30 e das 14h00 às 17h30

Igreja Nossa Senhora Da Graça
Morada: Largo Pedro Álvares Cabral, Santarém
Telefone: 243304060
Horário: Segunda-feira a domingo das 9h15 às 12h30 e das 14h00 às 17h15

Convento De São Francisco
Morada: Rua 31 de Janeiro, Santarém
Telefone: 243304652
Horário: Terça-feira a domingo das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30

Palácio de Landal
Morada: Rua Serpa Pinto, 125, Santarém
Telefone: 243304657
Horário: Segunda a sexta-feira das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 e sábados das 10h00 às 13h00

Museu Municipal da Máquina de Escrever
Morada: Biblioteca Municipal da Golegã, Rua da Oliveira, 34
Telefone: 249 979 126
Horário: Terça-feira a sábado das 10h00 às 16h00
Preço: 2,15€ (crianças grátis)

Newsletter

A Hotéis de Campo publica semanalmente uma newsletter com todos os artigos relacionados com sugestões de viagens em Portugal.

Email Marketing by E-goi

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments